21 de nov de 2008

A caixa mágica da ironia








Quem que consegue reunir a família toda em torno dela num amistoso jantar? Quem que distrai a peste do seu sobrinho durante vários minutos? Quem que impede que a taxa de natalidade seja ainda mais alta nos segmentos rurais e guetos suburbanos? Sim sim querido amiguinho irônico. É ela, nossa deusa quadrada. A tevê nossa de cada dia...


E hoje, 21 de novembro, se comemora mundialmente o seu dia; data que deveria ter sido declarada feriado obrigatório, proibindo-se sair de casa a não ser que fosse pra casa do vizinho pra sugar um pouco da energia do mala.


Surgida para poucos no início, hoje, nos altos anos 2000, podemos dizer que o cotidiano não existe mais sem a televisão, e vice-versa... Presente em conversas das mais altas rodas da sociedade e até na fila da birosca do seu Zé aqui da esquina, onde presenciei esta singela conversa hipossuficiente:

- “Colega! Fui na inauguração daquele novo supermercado, cheguei lá 4h da manhã...” -
- “Menina! E aí?”

- “Me agarrei logo com aquela televisão que te disse... Colega, comprei ela de 10x sem juros, já tá lá no rack lá de casa, tô tão feliz, colega.”
-
- “Ai menina, eu tô até querendo trocar a minha, a bicha já tá quase pifando, e eu não posso ficar sem ver minha novela!”

- “Qualquer coisa, tu vai assistir lá em casa, colega. Menina, tu viu? A Flora...”


Há algo mais democrático que a tevê, povo meu? Figura carimbada em 11 de 10 residências, a televisão une todos os segmentos sociais, prolifera informações em riba cima da gente, leva esperança e, conduz à paz mundial a todos os corações humanos [recebi dinheiro de uma miss para acrescentar esta frase....]
E nada melhor do que algumas palavras de quem, majoritariamente, deve sua fama a esta caixinha de pandora:


Sobre a televisão...
“Ah! É um aparelho eletrodomésticoeletronico, que aparece as imagens, né? E me aparece também, né? E também que não deixa ir as criança pra iscola, né? Ela traz a paz.” [faz a pomba com as mãos]
Carlinha






“Você traiu o movimento radiofônico, veio...”

Dado Dono'dtela







“Televisão? Não assisto. Tenho Medo.”

Regina Antipática Duarte






“Nunca vi! “

Stevie Wonder






“Nem eu !!”

Ray Charles






“Oh! TV? NO No No!”
Amyninha





By Mr. Ironia (♂)

5 comentários:

humor lecal disse...

hahahaha verdade sema Tv acho que não sobrevivo /drama


gostei dos comentarios no final do post hahaha MUITO BOM

Andrea Jonsson disse...

mas acho que essa "deusa quadrada" como vc disse está tendo que se adaptar as mudancas tb, principalmente com a popularizacäo crescente da internet...

ps. que maldade com o Steve wonder e o Ray charles... kkkkk

Bia *~* Ballu disse...

Adoreei, muito bom. que maldade hein xD


http://alacarte-domeujeito.blogspot.com

João de Carvalho disse...

Bem original o texto. Parabéns.

Só toma um pouco mais de cuidado na utilização da virgula. Fora isso, o texto está muito bom.

KaKa Fuinha disse...

dia da tv tem... mas dia do sexo que eh bom nada...

¬¬

e eu sobrevivo perfeitamente sem tv... eu substituo pela web...

xD



http://blogdatolinha.blogspot.com/