8 de nov de 2008

O que aBunda, não prejudica

.


.

E lá se vão elas, multiplicando-se mais e com mais velocidade do que a família de Angelina Jolie e Brad Pitt. E com direito a um cardápio bem variado, pra todos os gostos: melancia, jaca, moranguinho, tutti-frutti, baunilha...
É, de fato, há uma valoração exacerbada da(s) forma(s) em detrimento ao conteúdo nos “funks modernos”. Mas que mané conteúdo! Vamos apreciar a instrumentalidade da música, meu povo! É claro que os mc’s espelharam-se em Jessé e seu “Concerto para uma só voz” (não conhece? Joga no Google, colega!). Ora, se o “badaba badabada badaba” o imortalizou, por que não tentar o mesmo com um “créu créu créu créeeeeeu”?
Ah, o Brasil possui democracia e extensão territorial suficientes para coabitarem todas as obras-primas musicais! E, é claro, toda a abundância de suas intérpretes. O que abunda, não prejudica. E uma coisa não podemos negar: o cenário artístico só tem ganhado com tanta expressão corporal.
O presidente Lula vibra e enche a cara brinda: menos desempregados no Brasil! Subsidie, invista neste combate você também: compre a Playboy da garota melancia ou vá correndo assistir ao filminho de gente grande da sobrinha da Gretchen.

By Mrs. Ironia (♀)

4 comentários:

Ellen Regina - facetasdemim disse...

ambas indicações são atrativos para homens... nós mulheres ainda não votamos nessa dita 'democracia'

Mr. X disse...

Eu sou a favor da livre escolha... Você gosta do que quiser e fim de papo... Ou não.

Uhuu! Até 2012 eu vou ficar mais rico que o Silvio Santos!

http://ofatorx.blogspot.com/

Ynot Nosirrah disse...

Boa, adorei seu blog. Mandou bem. O Brasil cultua demais a mediocridade. Pelo menos assim não falta criatividade e emprego, não é? rsrsrs
Depois escrevo sobre isso.
Voltarei sempre que puder e houver alguma novidade. Venha conhecer meu espaço também.

http://conscienciaacademica.blogspot.com/

Ynot Nosirrah disse...

Ah, então somos abençoados, porque vamos enriquecer em breve. Amém.