12 de nov de 2008

OBAma! A esperança venceu o medo!


E a vitória do candidato afro-descendente Barack Hussein Obama à presidência do Tio Sam não poderia passar ironicamente despercebida por aqui. Ops... Eu falei afro-descendente? Sorry, caros leitores. É que foi criada uma nova “etnia” para o novo líder dos estadunidenses: afro-americano. E muito provavelmente o privilégio só deva existir mesmo lá por aquelas bandas, pra variar. Mas que nada, aqui no Brasil ele teria um monte de “etnias”, à livre escolha do eleitorado: moreno-jambo, marrom-bombom, café-com-leite, chocolate, cappuccino... Aqui sim vivemos uma democracia racial, meu povo!
É, só que a criação de mais essa nomenclatura étnica não foi a única mudança que se deu em um atual cenário tão democratizado. Aliás, “mudança” foi a palavra de ordem em toooooda a campanha do Obama. Palavrinha bem inédita aqui, para nós brasileiros. Dizem que ele quebrou as barreiras do racismo nas terras americanas (estadunidenses, Zé Mané!). Primeiro presidente negro de lá...humm... É, do jeito que os EUA gostam de impor ideologias lançar moda (lembram do “American Way of Life”, que todo mundo estuda pra passar no vestibular? Pois é.), é bem possível que a tendência seja lançada para outros países e vire febre mundial. Aliás, não é a terra do Tio Sam o maior exemplo de democracia que há? E do jeito que os nativos adoram sair em missão civilizadora, levando sua democracia aos quatro cantos do mundo...
Mas querem saber mesmo o que eu achei o máximo? Hoje em dia está tão em voga falar-se em cotas para afro-descendentes (agora sim, terminologia genérica), e o nosso citando do dia nem mesmo precisou passar pelo regime especial para obter sua vitória. Democracia elevada ao cubo! “We are the champions, my friend...”
"Changes" à parte, o Tiozão não perde mesmo a pose: o futuro presidente é mulato (eu tô no Brasil, tá?), mas devidamente graduado em Direito na University of Harvard, meu bem! Bom, de qualquer forma, deixa o homem trabalhar, né gente?
By Mrs. Ironia ()

3 comentários:

Morango com leite condensado disse...

Olá!!! Tdo bem?

O futuro presidente é mulato ( mas devidamente graduado em Direito na University of Harvard e mostrou pra o mundo que inteligência e oportunidade não depende de cotas, mas sim de competência...

Bjos

Elton Rosa disse...

esses estadunidenses são um bando de loucos, afro-americano, então tinha q ter, japa-americanos, euro-americanos...

outra coisa

Desculpe, mas vc viu o q vc acabou de falar?

"Changes" à parte, o Tiozão não perde mesmo a pose: o futuro presidente é mulato (eu tô no Brasil, tá?), mas devidamente graduado em Direito na University of Harvard, meu bem! Bom, de qualquer forma, deixa o homem trabalhar, né gente?



vc disse: Ele é mulato, MAS DEVIDAMENTE GRADUADO.

sei q foi sem querer, mas o "mas" dá idéia de adversidade, como se o fato de ser mulato fosse uma coisa ruim, como se apesar dele ser negro ele é graduado.

Mr. e Mrs. Ironia disse...

RES: As interpretações vão por conta da "cabecinha" irônica de vocês. Obrigado por comentarem.