7 de ago de 2009

Vou te admirar sempre...


Essa semana uma amiga recebeu um fora. E claro, como estamos num mundo cada vez mais "cybercultural" - usando Willian Gibson - este fora veio por um email.

Nesse mundo de lan houses de bairro e tekpics, a coisa mais fácil é ter relacionamentos virtuais, então nada mais natural que um bom fora dado pela rede... Nada de troca de olhares, nada de pausas desnecessárias, tudo na base do escreveu, enviou, leu, acabou.









Hora da receitinha-minuto para um fora bem dotado


Ingredientes

1 colher de chá de "Você é bom (a) demais para mim"
1 xícara de "Eu não te mereço"
1 pitada de "Não te gosto mais"
2 colheres de sopa de "Eu tô de olho em outro(a)"

Modo de Preparo

Untar uma forma de cara de pau com manteiga "fria" e trigo "cínico"
Despechar tudo, misturando bem

Assar em fogo baixo e bem, bem demorado...

É favor servir este prato frio. e acompanhado do vinho "Vou te admirar sempre..."




"Vou te admirar sempre..."
Este era o final do email. Admirar? Sempre? Lascar-te-ei!
Como alguém dá o fora e ainda diz que vai admirar? Se fosse pra admirar, ficava com a pessoa pô!
Manda pro PQP, manda à merda, mas num diz que vai admirar...

Mas pensando bem... admiramos este cara... ele sim, sabe o que é uma boa ironia...
"Olha, não te quero, mas eu te admiro viu?"

Fora, a aplicação máxima da ironia.

5 comentários:

kbritovb disse...

amor virtual conta de verdade?

Rodrigo Selback disse...

fora pela internet é o maximo da chinelagem e da falta de coragem que um ser humano pode chegar

ana.karolcosta disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ana Karoline disse...

Se existe uma situação desagradável pela qual todo mundo já passou ou vai passar pelo menos uma vez na vida é a de levar um “fora”, seja por qualquer meio de comunicação existente. Normalmente todos sempre têm uma história para contar neste sentido, algumas mais amenas e até engraçadas, outras até beirando o trágico. A verdade é que o tal do “fora” (mesmo para quem dá) talvez seja um dos testes de resistência mais completos para qualquer ser humano – marcado genuinamente por muitas perdas, anseios e inseguranças (orgulho ferido que por sua vez é uma variação da vaidade, perda da auto-estima, que terminam expondo inseguranças pessoais).
Porém, um “fora” pode, sim, significar uma chance de crescimento interior, de busca de novos caminhos...


Uma dica para tua amiga; ela não deve se submeter à idéia de que estar só é sinônimo de solidão ou desamparo. Acredite, tem muito homem, mas homem mesmo nesse mercado mundial. rsrsrsrsr

Rê :) disse...

Bah... fora por e-mail é totoalmente ridiculo... vamos considerar que o moço está no mês de agosto, que é o mês dos loucos e foi influenciado por essa loucura...